Quinta-feira, Agosto 18, 2022
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
InícioNotíciasGeralExército emite nota oficial sobre acidente com militares em Blumenau

Exército emite nota oficial sobre acidente com militares em Blumenau

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

O 23º Batalhão de Infantaria do Exército emitiu uma nota oficial sobre o acidente que aconteceu na última quarte-feira (16) em Blumenau, que tirou a vida de três soldados e deixou outros 38 feridos.

Confira na íntegra Nota enviada à imprensa:

A fim de prestar esclarecimentos atualizados sobre as circunstâncias do acidente ocorrido com viatura militar do Exército Brasileiro no dia 16 de março de 2022, o 23º Batalhão de Infantaria (23º BI), em complemento às notas anteriormente divulgadas pela 14ª Brigada de Infantaria Motorizada, informa o seguinte:

  1. Sobre o acidente:
    a. O acidente ocorreu na Rua Belmiro Colzani, por volta das 08:15h, durante o deslocamento de um comboio militar que seguia do 23º Batalhão de Infantaria para a Área de Instrução do Batalhão (AIB), com a finalidade de levar os recrutas incorporados no ano de 2022 para realizar o Tiro de Instrução Básica no estande de tiro existente naquela área. A referida instrução estava prevista no Quadro de Trabalho da Unidade.
    b. As causas do acidente estão sendo apuradas por meio de um Inquérito Policial Militar instaurado pelo comandante do 23º Batalhão de Infantaria. Duas equipes de peritos fizeram os trabalhos de perícia no local e estão trabalhando no estudo das circunstâncias da ocorrência.
  2. Sobre a Viatura utilizada:
    a. A viatura envolvida no acidente é uma Viatura de Transporte de Pessoal Não Especializada (VTPNE) do tipo caminhão de 5 Toneladas, militarizado e preparado para o transporte de pessoal. Esta Viatura tem a carroceria modificada, de fábrica, com barras de aço reforçadas, conhecidas como “Santo Antônio”, bancos para acomodação de 40 (quarenta) militares, todos com cinto de segurança, e uma boleia com espaço para o motorista e mais 2 (dois) militares, totalizando uma capacidade máxima de 43 (quarenta e três) militares devidamente sentados e com cinto de segurança.
    b. Na viatura envolvida no acidente havia 41 (quarenta e um) militares do 23º BI, dos quais 3 (três) na boleia, sendo um oficial, uma sargento e um cabo com 5 anos de experiência; e 38 (trinta e oito) na carroceria, sendo 35 do efetivo variável (recrutas) e 3 do efetivo profissional (1 cabo e 2 soldados).
  3. Sobre o socorro prestado:
    a. Imediatamente após o acidente, os militares do efetivo profissional, que se encontravam nas demais viaturas do comboio, iniciaram os trabalhos de resgate às vítimas.
    b. Havia uma ambulância militar com equipe médica no comboio que prestou o atendimento imediato às vítimas, até a chegada das equipes médicas e de resgate das demais instituições.
    c. Grande parte dos militares que estavam na viatura tombada já haviam sido resgatados e estavam na estrada quando as equipes de saúde civis e militares chegaram para reforçar o atendimento médico, remover do local e conduzir os feridos para os hospitais da região.
    d. Chegaram no local do acidente para prestar o atendimento médico mais de 10 (dez) ambulâncias disponibilizadas pelo serviço de saúde das cidades de Blumenau, Indaial, Gaspar e Corpo de Bombeiros Militar. Uma Força Tarefa foi montada no local para dar o atendimento necessário e minimizar os danos ocorridos.
    e. Lamentavelmente ocorreram 3 (três) óbitos, 2 (dois) no local do acidente e outro em atendimento no hospital. No momento, existem 5 (cinco) militares internados e os demais que foram encaminhados para os hospitais receberam alta e foram trazidos de volta para o 23° BI a fim de serem assistidos pela equipe médica do Batalhão.
  4. Sobre o apoio às vítimas e familiares:
    a. Todos os esforços para prestar o devido apoio aos militares envolvidos no acidente e suas respectivas famílias estão sendo adotados pelo 23º Batalhão de Infantaria, 14ª Brigada de Infantaria e 5ª Região Militar a fim de dar suporte neste momento tão difícil. Além dos médicos orgânicos do próprio 23º BI, foi deslocada para a guarnição de Blumenau uma equipe de apoio e assistência social composta por Médicos, Enfermeiros, Psicólogos e Capelão Militar (padre) que estão realizando o trabalho de acompanhamento médico, assistencial e religioso às vítimas e familiares.
    b. Já na tarde do acidente, autoridades religiosas da cidade foram chamadas ao Batalhão para darem apoio espiritual às vítimas do acidente e seus familiares que foram recebidos no auditório do Batalhão.
    c. As famílias das vítimas fatais tem sido acompanhadas e receberam todo o suporte do 23º BI desde o início, passando pelo preparativo para o velório, honras fúnebres e sepultamento. Seguirão recebendo acompanhamento do nosso Serviço de Assistência Social.
    d. Foram mais de 150 (cento e cinquenta) militares do Exército envolvidos e mais de 60 (sessenta) elementos de apoio oriundos dos órgaos de Saúde dos municípios de Blumenau, Indaial, Gaspar, Brusque, Corpo de Bombeiros Militar, ARCANJO, SAMU, Polícia Científica, Polícia Militar, Bombeiros voluntários de Indaial e Pomerode, Hospital Santo Antônio, Hospital Santa Isabel, empresários e demais voluntários envolvidos diretamente na operação.
    e. Cinco médicos do Exército foram empregados, primeiramente no local do acidente e, em seguida, foram realocados para os hospitais. Essa equipe foi reforçada por outros elementos de saúde oriundos das cidades de Curitiba e Florianópolis, que chegaram à Guarnição de Blumenau no mesmo dia da ocorrência e que permanecem no apoio irrestrito até a presente data.
    f. A viatura envolvida no acidente foi resgatada e encaminhada ao 23º BI onde permanecerá até a conclusão dos trabalhos de perícia.

Por fim o 23º BI reitera sua profunda consternação pela irreparável perda das vidas ceifadas por essa tragédia, se solidariza com a dor dos familiares e amigos e reafirma o compromisso do Exército Brasileiro com a segurança e a vida de seus militares e toda família militar.
Aproveitamos para agradecer toda sociedade catarinense, prefeituras de Blumenau, Indaial, Gaspar, Brusque e Pomerode, PMESC, BMESC, Polícia Civil, Polícia Científica, Bombeiros Voluntários, SAMU, empresários, hospitais, instituições parceiras e voluntários que não mediram esforços para abraçar e apoiar o 23º BI neste momento de dor e tristeza.


23º BATALHÃO DE INFANTARIA

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Mais Notícias desta Categoria
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias

Comentários Recentes