Sexta-feira, Dezembro 2, 2022
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
InícioNotíciasEconomia80% dos novos empregos formais no estado pagam menos de 2 salários...

80% dos novos empregos formais no estado pagam menos de 2 salários mínimos

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Dados apurados pelo Núcleo de Estudos da Economia Catarinense (Necat), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), revelam que mais de 80% das novas vagas de empregos formais no estado pagaram menos de 2 salários mínimos nos últimos 12 meses. O Núcleo analisa periodicamente o comportamento do mercado formal de trabalho do Brasil e de Santa Catarina a partir dos resultados do Novo CAGED.

A tabela a seguir apresenta a distribuição do emprego formal por faixa de remuneração. Em outubro, cerca de 12 mil vagas formais foram criadas na faixa entre 1 e 2 salários mínimos, que concentrou quase 3/4 (70%) do saldo mensal. Na sequência, a faixa de 2 a 3 salários mínimos foi a segunda com maior saldo (2,4 mil vagas). Com relação ao acumulado de 12 meses, percebe-se que Santa Catarina tem um comportamento muito similar ao visto nacionalmente, com um crescimento das vagas extremamente concentrado na faixa entre 1 e 2 salários mínimos (169 mil vagas), que corresponde a mais de 80% do saldo total.

Tabela – Saldo por faixa de remuneração (Santa Catarina, outubro de 2021)

Fonte: Novo CAGED (2021); Elaboração: NECAT/UFSC.

Os estudos sintetizam que, embora o emprego formal em Santa Catarina continue em expansão, há uma baixa qualidade dos postos de trabalho gerados, concentrados em vagas com baixa remuneração (na faixa entre 1 e 2 salários mínimos).

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Mais Notícias desta Categoria
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias

Comentários Recentes