Domingo, Julho 3, 2022
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
InícioNotíciasSegurançaSuspeito de estupro de menina de 3 anos em Major Gercino é...

Suspeito de estupro de menina de 3 anos em Major Gercino é detido em Blumenau e solto em seguida

O homem foi liberado por ausência de flagrante e mandado de prisão

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Um homem de 53 anos, suspeito de estupro de uma criança de 3 anos na cidade de Major Gercino, foi detido por volta das 22h50 desta terça-feira (24) em Blumenau. De acordo com o relato da polícia militar, após receber uma denúncia de um suspeito de estupro estar escondido na cidade, uma guarnição se deslocou até o bairro Fortaleza para averiguação.

Chegando no local, os policiais fizeram contato com um parente do homem, que indicou a casa onde o suspeito se encontrava. A guarnição localizou o homem, que disse ter saído de Major Gercino e vindo a Blumenau porque temia represálias, mas não forneceu à PM muitos detalhes sobre o fato.

A polícia militar, então, conduziu o suspeito até a Central da Polícia Civil em Blumenau.

O crime de estupro

A polícia civil de Major Gercino (região de Tijucas) está investigando um possível caso de estupro a uma menina de 3 anos de idade. O suspeito seria o homem detido em Blumenau, que é motorista de uma Van escolar que transporta alunos da rede municipal de ensino. A menina estuda na Escola Municipal Monsenhor José Locks.

A denúncia de que ela teria sido abusada sexualmente ocorreu na última quinta-feira (19) e gerou revolta na população local. Segundo informações recebidas por veículos de comunicação da região de Major Gercino, os profissionais da escola teriam percebido que a menina estava se comportando de maneira estranha e que ela teria contado à sua professora sobre o abuso sofrido, supostamente, pelo motorista da Van. Conselho Tutelar, Assistência Social do município e secretaria de educação da prefeitura teriam sido acionados e o caso foi para a delegacia da cidade, onde a investigação iniciou.

Durante esta semana, aproximadamente 100 moradores da cidade chegaram a parar na frente da delegacia em uma manifestação pedindo justiça sobre o caso.

Suspeito solto

Segundo informações do delegado regional de Blumenau, Rodrigo Marchetti, o suspeito não poderia ser preso porque “não havia flagrante nem mandado de prisão“, que não foi cometido “crime aqui em Blumenau” e que “as investigações estão a cargo do Delegado Conrado (Ferri Cintrão) lá em Major Gercino”.

O delegado responsável pelo caso, Conrado Ferri Cintrão, explica que inicialmente foi registrado o boletim de ocorrência após a denúncia da escola, que em seguida foi instaurado o inquérito policial e que foram feitas as diligências mais urgentes. O delegado afirmou nesta terça-feira (24) que o inquérito deve ser concluído em breve, para saber se ocorreu ou não o crime e que não pode passar mais detalhes sobre o caso a fim de “proteger a intimidade da suposta vítima”.

Como efeito prático, se a delegacia de Major Gercino ainda não expediu um mandado contra o motorista da Van, a delegacia de outra comarca não pode efetuar sua prisão nem mantê-lo detido.

Mais detalhes sobre o caso serão informados ao longo desta quarta-feira (25).

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Mais Notícias desta Categoria
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias

Comentários Recentes