Terça-feira, Junho 18, 2024
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
InícioNotíciasEconomiaPequenos negócios catarinenses têm mais confiança na economia e investiram mais no...

Pequenos negócios catarinenses têm mais confiança na economia e investiram mais no 1º trimestre de 2024

O levantamento das Tendências dos Pequenos Negócios catarinenses, referente ao 1º trimestre de 2024, divulgado pelo Observatório de Negócios do Sebrae/SC, aponta um aumento no otimismo com relação à economia e um crescimento na busca por linhas de crédito e investimentos. A pesquisa ouviu 808 empresários divididos entre Microempreendedores Individuais (MEI), Microempresas (ME) e Pequenos Empresas (PE) entre as regiões Foz do Itajaí, Grande Florianópolis, Meio Oeste, Norte, Oeste, Serra, Sul e Vale do Itajaí. Os resultados gerais são ponderados por região do estado.

“Historicamente os primeiros três meses do ano são menos positivos para os pequenos negócios em Santa Catarina, principalmente porque vêm na sequência do final de ano, em que as vendas das pequenas empresas ficam aquecidas pelas festas e datas celebrativas, associadas à injeção de capital no bolso do consumidor com o 13º salário. Mesmo com esse cenário, em 2024 registramos um primeiro trimestre com significativa melhora em relação ao passado, com 26,2% dos Pequenos Negócios registrando aumento de vendas. Em 2023 esse percentual era de 22,9%”, comenta Cláudio Ferreira, analista de dados e coordenador do Observatório.

Mesmo com a queda de vendas para a maior parcela dos negócios, decorrentes da sazonalidade e considerada comum neste trimestre, os empresários mantêm uma postura positiva e apostam nos investimentos. Quase 4 em cada 10 realizaram investimentos, totalizando 36,9%, um volume significativo levando em conta o total do mesmo trimestre do ano de 2023, que era de 28,2%.

Os pequenos negócios que mais realizam investimentos, segundo a pesquisa, são aqueles que registraram aumento nas vendas, 55,4%, os que buscaram crédito, 52,1%, as empresas de pequeno porte mais estruturadas, 45,9%, ou as ligadas à indústria, 38,8%. Para o analista do Sebrae/SC, esse fato demonstra que a relação entre crédito e investimento deve ser incentivada. 

“Comparando os resultados dos empresários que realizaram investimentos com aqueles que não fizeram, é possível perceber ganhos expressivos, que variam de 18,1% a 24,7%. A busca por crédito, que em 2023 foi feita por duas em cada 10 empresas, escalou em 2024, com quase três em cada 10 empresas buscando crédito para os seus negócios no primeiro trimestre deste ano, ou seja, 27,6%”, salienta Cláudio. 

Para o segundo trimestre de 2024 a expectativa é otimista, visto que 45,6% dos entrevistados acreditam em aumento de vendas de abril a junho, um aumento de 19,4% em relação ao que observamos nesse primeiro trimestre. 

A perspectiva sobre a economia do país é a mais promissora desde o último trimestre de 2022, isso porque 45,3% esperam uma melhora na situação econômica, segundo esse levantamento, o que contribui também para uma expectativa de aumento no trimestre de 3,61% no número de pessoas ocupadas nos Pequenos Negócios.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Redação
O Auditório é um Portal de Notícias e Reportagens com cobertura jornalística e informações atualizadas sobre os principais acontecimentos do Vale do Itajaí, Santa Catarina e Brasil. É produzido por jornalistas profissionais com larga experiência na região. Iniciado em outubro de 2021 em Blumenau (SC), O Auditório apresenta jornalismo com comprometimento ético junto ao seu público através de suas diversas editorias.
Mais Notícias desta Categoria
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias