Domingo, Julho 3, 2022
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
InícioNotíciasCultura e lazerEscritor de Blumenau tem duas obras aprovadas no PNLD do Ensino Médio

Escritor de Blumenau tem duas obras aprovadas no PNLD do Ensino Médio

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Os livros Dinamene (editora Ronin) e Quissama: Território Inimigo (editora Biruta) foram aprovados no Programa Nacional do Livro e do Material Didático, o chamado PNLD 2021, que atenderá o Ensino Médio. Os dois romances históricos do escritor blumenauense Maicon Tenfen podem ser obtidos de forma gratuita por escolas de todo o Brasil.

As obras tratam de conteúdos históricos e literários de forma mais leve para os estudantes. Os professores do Ensino Médio que desejarem adotar um dos livros para a realização de projetos de leitura podem solicitar os títulos gratuitamente através do PNLD.

O PNLD é um programa do Ministério da Educação (MEC), junto ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que analisa, compra e distribui os livros para professores e estudantes de todo o território nacional.

Mas a decisão de qual livro será usado em sala de aula é feita pelo professor. Após essa decisão, o diretor da escola registra a obra escolhida em uma plataforma chamada SIMEC (Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle), que será disponibilizada nas próximas semanas.

É possível que cada estudante tenha o seu exemplar de Dinamene ou Quissama: Território Inimigo. Além disso, o autor se disponibiliza para debater os livros com os alunos matriculados nas escolas de Santa Catarina. “É sempre uma alegria conversar com os jovens sobre os livros que escrevo”, diz Tenfen. “Saberei com mais clareza se alcancei o objetivo de discutir temas históricos e literários de uma forma mais emocionante e prazerosa.”

Para receber o escritor Maicon Tenfen em sua escola, basta mandar um e-mail para [email protected]

Sobre as obras

Em Quissama: Território Inimigo, temos a continuação das aventuras de Daniel Woodruff e Vitorino Quissama iniciadas em Quissama: O Império dos Capoeiras. Os leitores podem iniciar a leitura pelo segundo volume sem prejuízos para o entendimento da narrativa.

Em plena Guerra do Paraguai — o maior conflito armado internacional ocorrido na América Latina —, os personagens principais seguem em busca da mãe de Vitorino.

A Guerra do Paraguai, entretanto, não é o único fato histórico trazido por Maicon Tenfen. “A partir da segunda metade do século XIX”, diz ele, “existiram dois grandes grupos de capoeiristas, os Nagoas e os Guaiamuns, que lutavam por espaço no Rio de Janeiro, então capital do Império do Brasil. Essa luta continuou em território paraguaio.”

Foto: Divulgação

Dinamene tem como ponto de partida uma lenda que envolve o poeta português Luís Vaz de Camões. Durante uma tempestade marítima, ele teria salvado o manuscrito d’Os Lusíadas, uma das mais importantes obras da literatura mundial, e deixado a namorada morrer afogada.

Mas… e se a amada de Camões fosse salva ao invés do poema? É isso que o autor responde em seu livro. “Camões precisaria reescrever tudo”, comenta Tenfen. “Baseando-me em dois anos e seis meses de pesquisa, imaginei os bastidores da criação do grande épico da Língua Portuguesa. Além disso, através de um personagem português, Camões, e de uma chinesa, Dinamene, falo sobre a presença dos portugueses em Macau, no sul da China”.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Mais Notícias desta Categoria
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias

Comentários Recentes