Quinta-feira, Outubro 6, 2022
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
InícioNotíciasCultura e lazerDia Mundial do Rock não é a data de nascimento do Rock

Dia Mundial do Rock não é a data de nascimento do Rock

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Por Arnaldo Zimmermann

O dia 13 de julho é considerado o Dia Mundial do Rock. Mas esta data só existe no Brasil e não tem nenhuma relação com o nascimento do gênero musical.

Acontece que esse dia é celebrado devido ao festival Live Aid, que foi realizado simultaneamente em Londres e na Filadélfia (EUA), em 1985. O evento tinha como objetivo arrecadar fundos para combater a fome na Etiópia. O mega festival reuniu artistas e bandas do rock do calibre de Paul McCartney, Mick Jagger, Elton John, David Bowie, Eric Clapton, Queen, The Who, U2, Black Sabbath, Phil Collins (que até sugeriu a data comemorativa) e outros gigantes do cenário musical internacional.

Alguns anos mais tarde, duas emissoras de rádio de São Paulo iniciaram uma campanha para que a data fosse alusiva ao rock e acabou acrescentando o termo “mundial”, mesmo só existindo por aqui.

Live aid no estádio de Wembley, em Londres. Foto: Alamy Stock Photo

O nascimento do rock

Está muito longe de haver alguma unanimidade sobre o marco zero do rock and roll no mundo. Alguns historiadores atribuem ao ano de 1954, quando Elvis Presley gravou na Sun Studios, em Memphis (EUA) a música “That’s all right Mamma”. Outros creditam ao sucesso “Shake Rattle and Roll”, lançado no mesmo ano, como uma adaptação de Bill Haley a um antigo clássico da música negra ou mesmo “Rock Around the Clock”, também de 1954, do mesmo artista.

Porém, antes mesmo de Elvis e Haley, outros músicos já tocavam rock and roll, termo cunhado por Alan Freed, em 1952, em seu programa de rádio. As raízes do gênero musical que explodiu e conquistou a juventude na década de 1950 está na música afroamericana, com influências do blues, do rhythm and blues e até do country e do folk. O que havia era um novo contexto sócio-cultural do período pós-guerra, com a juventude passando a reivindicar uma identidade própria, diferente dos padrões anteriores das primeiras décadas do século, com um intervalo muito reduzido entre a infância e a vida adulta.

O rock dominou a preferência do gosto musical de adolescentes e jovens pelo menos até os anos 1980, exatamente a década de realização do Live Aid, que forneceu aos brasileiros a inspiração para criar uma data alusiva ao gênero musical de maior impacto cultural do século 20.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Mais Notícias desta Categoria
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias

Comentários Recentes